contato: SP (11) 2085-7810 / MS (67) 3222-9212

Sprint Race

Na final da Sprint Race, 100 pontos em jogo e três pilotos separados por três pontos

23/11/2018

Header

 

 

 

Favoritismo? Nada, tudo equilibradíssimo. Diego Ramos assumiu a liderança na penúltima etapa sem grande margem, seguido por Gerson Campos e Rapha Campos

 

São Paulo, SP - Chegou a hora da decisão! Os pilotos mais rápidos da sétima edição voltam à pista para definir quem será o vencedor da temporada 2018 da Sprint Race Brasil. Após sete etapas e 15 corridas disputadas, o Campeonato está em aberto com 100 pontos em jogo e três pilotos praticamente empatados, separados por três pontos.  Respectivamente, na 1ª, 2ª e 3ª posições da tabela da categoria PRO, Diego Ramos, Gerson Campos e Rapha Campos sonham com pontos que podem ser essenciais para a classificação final.

Na oitava etapa serão computados 25 pontos para classificação, 25 na primeira corrida e 50 pontos na corrida que encerra o calendário no dia 15 de dezembro, no Autódromo Internacional José Carlos Pace, no bairro de Interlagos, em São Paulo (SP). Os carros da Sprint Race equipados com motor V6 270cv são todos iguais e são preparados para terem a mesma performance nas pistas, fazendo com que o desempenho dos pilotos seja um fator de determinante na busca pelo título.

Para Diego Ramos, com 282 pontos na tabela e a líder do ranking, seu primeiro ano completo em disputadas em autódromos é de comemoração, já que antes ele só havia competido em provas de kart. Em um ano de aprendizado, o piloto acumula seis vitórias e quatro poles positions.

“Estou com expectativa alta. Do meio do campeonato para cá conseguimos evoluir bastante. E, agora, sendo líder do campeonato é preciso manter bons resultados para conseguir o título. Vai ser uma etapa bem difícil, pois nós três (eu, Gerson e Rapha) estamos praticamente empatados. Então, é focar bastante, se preparar bem fisicamente e no dia conseguir dar 100%. Estou bem confiante em levar o caneco para casa”, afirma o piloto de Osasco #113.

Gerson Campos está distante apenas dois pontos do líder, soma três vitórias, cinco pódios em segundo e dois em terceiro. Começou na Sprint Race em 2016, no ano passado garantiu o vice na categoria GP e, nesta edição, migrou para a PRO. “A prova final é muito interessante, porque depois de sete etapas nós praticamente começamos um campeonato do zero. Acredito que pela primeira vez na história, quatro pilotos estão em condições bem reais, não matemáticas, de serem campeões, coisa que nem na Fórmula 1 observamos isso e estamos vendo na Sprint”, destaca Gerson.

“O importante é saber dosar a estratégia, ser ousado para garantir bons pontos, mas cauteloso para a última corrida chegar bem, porque é ela que define com 50 pontos em jogo. Espero ir bem na classificação e na primeira corrida, para tentar ser mais agressivo na bateria final e ver se conseguimos garantir esse título”, analisa o piloto do carro #82.

O piloto curitibano Rapha Campos era o líder até a etapa de Cascavel, com três vitórias, três segundo lugares e esteve quatro vezes em terceiro. Em 2017, fechou a tabela na terceira posição na PRO, sendo esta a sua terceira temporada completa. “Será uma bela etapa, os meus concorrentes principais estão acelerando muito. Vamos todos para cima como se fosse a primeira corrida”, revela.

“Estarei nessa final sem o lastro, 55kg fora do carro, assim vamos voar, tanto eu como o carro vamos estar mais confortáveis e aliviados, será como se tivesse tirado outra pessoa dentro do carro. Acredito que a corrida final que deverá ser uma das mais legais de assistir, mais, deve concorrer como uma das mais emocionantes que a Sprint Race já teve", destaca o competidor do carro #13.

A missão de destronar o trio é difícil, mas não impossível. Para conquistar o título, Luiz Túrmina (22 anos), - atual quarto colocado e que marcou três vitórias, foi três vezes o segundo colocado e duas vezes completou terceiro -, diz que buscará a pontuação máxima tanto na classificação como nas corridas. “Está tudo aberto, a preparação segue firme e vou dar o melhor de mim para sair de Interlagos com o título!", concluiu o piloto de Francisco Beltrão (PR) que comanda o Sprint #27.

A briga pela taça de campeão inclui ainda Kau Machado #07, quinto colocado, com 202 pontos.

Credenciamento de imprensa

Os profissionais de imprensa que desejam cobrir a etapa final no autódromo de Interlagos, no dia 15 de dezembro, deverão solicitar o credenciamento pelo site da Sprint Race Brasil: http://sprintrace.com.br/imprensa/ ou por e-mail sig@sigcomunicacao.com.br. Os pedidos devem ser enviados até às 17 horas do dia 13 de dezembro.

As exibições da oitava e última etapa da Sprint Race Brasil acontece ao longo da semana seguinte a etapa, dentro da programação dos canais BandSports e PlayTV, além da cobertura completa no Programa Acelerados - no SBT e no YouTube (youtube.com/acelerados), do programa National Sports Channel (canal 26 e 18, da Vivo/São Paulo) e no programa Auto + no Bandsports.

A Sprint Race Brasil é patrocinada pela Albriggs, aQuamec, Pirelli, Motul, Fremax e Vivamil.

Classificação do campeonato, após sete etapas (15 corridas):

 

Categoria PRO

1) 113 Diego Ramos (Shell), 282 pontos

2) 82 Gerson Campos (Militec), 280

3) 13 Rapha Campos (Prati), 279

4) 27 Luiz Gustavo Túrmina (Cimed), 255

5) 07 Kau Machado (Itaipu Binacional), 202

6) 34 Rodrigo Elger (Vivamil), 180

7) 111 Bruno Bertoncello (Pittol), 125

8) 18 Pedro Lopes (Sprint Race), 32

9) 17 Christian Fliter / Nicolas Fliter (Mackenzie), 20

 

Categoria GP

1) 09 Cassio Cortes (Militec), 260 pontos

2) 55 Caê Coelho (We Credit), 221

3) 77 Rodrigo Rocha (Riachuelo), 200

4) 44 Luiz Arruda (Avantgard), 200

5) 19 L. Zangirolami / R. Seibel (Leo Madeiras/ Barga), 189

6) 228 Vinícius Kwong, (GK1), 160

7) 20 Jorge Garcia (Vivamil), 158

8) 99 Vinny Azevedo (iRapido), 154

9) 37 Raphael Teixeira (Vivamil), 84

10) 37 Ricardo Haag (We Credit), 80

 

Classificação da Rookie Of The Year

1) #113 Diego Ramos, 222 pontos

2) #111 Bruno Bertoncello, 163

3) #34 Rpdrigo Elger, 109

4) #77 Rodrigo Rocha, 78

5) #44 Luiz Arruda, 52

 

Mais informações: www.sprintrace.com.br

 

 

As corridas da oitava e última etapa da sétima edição serão de tirar o fôlego (Luciano Santos/SiGCom)

As corridas da oitava e última etapa da sétima edição serão de tirar o fôlego (Luciano Santos/SiGCom)
 

O autódromo de Interlagos sedia duas etapas do calendário 2018 (Luciano Santos/SiGCom)

O autódromo de Interlagos sedia duas etapas do calendário 2018 (Luciano Santos/SiGCom)
 

A oitava e última etapa da Sprint Race será no dia 15 de dezembro em Interlagos (Luciano Santos/SiGCom)

A oitava e última etapa da Sprint Race será no dia 15 de dezembro em Interlagos (Luciano Santos/SiGCom)
 

Diego Ramos (#113) (Luciano Santos/SiGCom)

Diego Ramos (#113) (Luciano Santos/SiGCom)
 

O calendário de 2018 é composto de oito etapas e 17 corridas (Luciano Santos/SiGCom)

O calendário de 2018 é composto de oito etapas e 17 corridas (Luciano Santos/SiGCom)
 

Gerson Campos (#82) (Luciano Santos/SiGCom)

Gerson Campos (#82) (Luciano Santos/SiGCom)
 

A oitava e última etapa terá pontuação dobrada (Luciano Santos/SiGCom)

A oitava e última etapa terá pontuação dobrada (Luciano Santos/SiGCom)
 

Rapha Campos (#13) (Luciano Santos/SiGCom)

Rapha Campos (#13) (Luciano Santos/SiGCom)
 

A programação da última etapa prevê dois treinos oficiais na sexta-feira, 14 (Luciano Santos/SiGCom)

A programação da última etapa prevê dois treinos oficiais na sexta-feira, 14 (Luciano Santos/SiGCom)
 

Luiz Gustavo Túrmina (#27) (Luciano Santos/SiGCom)

Luiz Gustavo Túrmina (#27) (Luciano Santos/SiGCom)
 

A Sprint passou por cinco autódromos nacionais e estreou em Rivera (Uruguai) (Luciano Santos/SiGCom)

A Sprint passou por cinco autódromos nacionais e estreou em Rivera (Uruguai) (Luciano Santos/SiGCom)
 

Kau Machado (#07) (Luciano Santos/SiGCom)

Kau Machado (#07) (Luciano Santos/SiGCom)